Vai assistir a Copa do Mundo na Rússia? Conheça mais sobre as 11 cidades que sediarão o torneio.

A Rússia será o país-sede da Copa do Mundo de 2018 e onze cidades foram eleitas para receber os jogos em doze estádios espalhados por Moscou, São Petersburgo, Kazan, Sochi, Kaliningrado, Níjni Novgorod, Samara, Volgogrado, Saransk, Rostov-on-Don e Iecaterimburgo.

Saiba mais sobre todas as cidades e suas principais atrações.

Moscou

A capital e principal cidade do país, Moscou possui mais opções de entretenimento comparado às outras cidades, pontos turísticos como a Catedral de São Basílio, a Praça Vermelha, onde aconteceram os famosos desfiles militares nos tempos da União Soviética, e o Kremlin, uma atração que existe em todas as cidades antigas da Rússia mas tem em Moscou a maior e mais bonita fortaleza.

Será a única cidade com dois estádios para a Copa do Mundo: o Estádio Luzhniki, principal e maior estádio do torneio, tem capacidade para mais de 81 mil torcedores e será palco do jogo de abertura e da grande final, uma semifinal, oitava de final e três jogos da fase de grupos. E o Estádio do Spartak, inaugurado em 2014 é parecido com o estádio do Bayern de Munique, será palco de uma partida das oitavas de final e quatro jogos da fase de grupos. O estádio mudará suas cores da fachada externa quando receber partidas da seleção russa.

São Petersburgo

Uma das cidades mais importantes da Rússia, São Petersburgo abriga os principais pólos industriais e comerciais do país, como a indústria naval, mecânica, química, petroquímica e farmacêutica.

Mesmo com um intenso inverno, a cidade possui uma beleza ímpar com cenários antigos e importantes museus, catedrais e palácios para se conhecer. Então não se esqueça de levar uma blusa quente na mala.

O Hermitage, principal museu da cidade, tem as principais coleções de arte do mundo. Construído em XVIII, o Palácio de Inverno é uma das construções mais luxuosas da cidade. Não deixe de visitar também a Catedral de Kazan, Praça do Palácio, Coluna de Alexandre e o Arco do Triunfo.

O estádio da cidade é o segundo maior e será palco de grandes jogos da Copa do Mundo, o Zenit Arena tem capacidade para 68.134 pessoas e terá a disputa de um jogo das oitavas, uma semifinal, de terceiro lugar e quatro jogos da fase de grupos.

Kazan

Considerada a terceira cidade mais importante da Rússia, Kazan é conhecida por ser a cidade mais islâmica, ou seja, com grande número de muçulmanos residentes. A ótima convivência entre pessoas de diferentes religiões chama atenção na cidade.

Algumas atrações importantes como a Mesquita Kul Sharif, símbolo do Canato de Kazan, foi destruída em 1552 e reconstruída em 1996. Um lugar único e com uma beleza característica das construções muçulmanas, conta também com o Museu do Islã. Não deixe de conhecer também a Torre Soyembike, Catedral de Pedro e Paulo, Palácio da Família e a famosa Rua Bauman.

O Kazan Arena será um dos palcos no Mundial e tem capacidade para 44.779 torcedores. Serão disputadas uma quarta de final, oitava e quatro jogos da fase de grupos.

Sochi

Diferente das outras cidades, Sochi tem diversas opções de praias que poderão ser aproveitadas durante a Copa do Mundo, que acontecerá no verão do país. Algumas de suas atrações foram construídas para os Jogos de Inverno de 2014, como o Parque Olímpico e um resort de esqui, o Rosa Khutor.

Outras atrações como a Catedral do Arcanjo Michael, Parque Nacional de Sochi e o Arboretum Jardim Botânico não podem deixar de estar na sua lista de lugares incríveis para visitar.

O Fisht Stadium foi inaugurado para sediar a abertura e encerramento da Olimpíada de Inverno. Com capacidade para mais de 47 mil torcedores, o estádio será palco de uma quarta de final, oitava e quatro jogos da fase de grupos.

Kaliningrado

A cidade está geograficamente fora da Rússia, localizada na fronteira entre a Polônia e Lituânia. Bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial, e será um dos palcos da Copa do Mundo 2018.

A cidade é conhecida como a capital da cerveja, por ter a bebida boa e barata. Por isso, recomendamos que você conheça lugares para beber, como a Bretsel. Para almoçar ou jantar, dê uma passada no Khmel, restaurante com pratos da culinária russa e uma incrível vista para a praça central da cidade.

O Kaliningrad Stadium foi construído especialmente para a Copa do Mundo e receberá mais de 35 mil torcedores por jogo. O estádio receberá apenas quatro jogos da fase de grupos e será a casa do FC Baltika depois do torneio.

Níjni Novgorod

A cidade é conhecida pela ótima qualidade de vida e tem ótimas instituições de ensino, considerada uma das melhores cidades para quem deseja fazer faculdade na Rússia. Em Níjni, você também encontra um Kremlin, famosa atração das cidades da Rússia, sendo o principal ponto turístico para quem vai visitar a pequena cidade.

O estádio da cidade foi construído especialmente para o grande torneio. Nizhny Novgorod Stadium tem capacidade para mais de 44 mil pessoas e terá quatro partidas da fase de grupos, uma oitava de final e uma quarta de final. Depois da Copa do Mundo, o estádio será a casa do Olympiets Nizhny Novgorod.

Samara

A pequena cidade fica às margens do rio Volga, o maior da Europa, e não possui tantas atrações turísticas. Por lá, você pode conhecer o templo de São Jorge, com uma arquitetura belíssima e com características do Leste da Europa.

Localizada a 17 horas de trem de Moscou, você pode fazer uma incrível viagem para a capital com luxuosas acomodações do trem, com camas e restaurantes.
Além disso, a cidade é um centro aeroespacial e foi lá onde construíram o foguete que levou o primeiro homem ao espaço.

A Samara Arena, um dos estádios da Copa do Mundo, é um dos que mais chamam atenção de todos os selecionados. Para homenagear a enorme presença do país no setor aeroespacial, seu design faz alusão ao espaço. Aproximadamente 44.800 pessoas poderão assistir os jogos no ‘espaço’ e torcer por seu país em quatro jogos da fase de grupos, uma semifinal e um duelo das quartas de final.

Volgogrado

Se você se interessa pela marcante Segunda Guerra Mundial e a interrupção nazista, não deixe de conhecer a cidade quando viajar para a Rússia. Antes de Volgogrado, a cidade se chamava Stalingrado e foi onde o avanço nazista foi interrompido. Não deixe de conhecer o Memorial do Monte Mamaev, feito para homenagear soldados que morreram na batalha.

A Volgograd Arena teve inauguração no dia 3 de abril de 2018 e tem capacidade para 45.568 fãs e será palco de quatro jogos da fase de grupos. Logo depois da Copa, o estádio será casa do FC Rotor.

Saransk

A cidade tranquila e pouco conhecida pelos turistas é capital da República da Mordóvia, que faz parte da Federação Rússia. Para a Copa do Mundo, construções estão sendo finalizadas para atrair mais turistas. A principal atração da cidade é uma catedral ortodoxa, construída para homenagear Flyodor Ushakov.

O Mordovia Arena é o estádio da conservada cidade, e será palco de quatro jogos da fase de grupos, abrigando mais de 44.442 fãs. Depois do Mundial, uma parte do estádio será desmontado para reduzir o número de torcedores para 25 mil.

Rostov-on-Don

A cidade está localizada no sul da Rússia, e possui diversos pontos em homenagem ao principal nome da literatura russa, Alexander Pushkin, uma estátua homenageando o escritor em uma rua que leva seu nome. O rio Don e seu incrível desigh é uma das principais atrações da cidade.

A arena que sediará quatro jogos da fase de grupos e uma oitava de final é a Rostov Arena. O estádio abrigará até 45.145 torcedores por jogo e será a nova casa do Rostav logo depois do Mundial.

Iecaterimburgo

A cidade abriga algumas atrações incríveis para quem vai visitar a cidade, a vista do edifício Vysotsky é espetacular, o prédio é considerado o segundo mais alto do país. e também, a divisa entre Europa e Ásia.

Ekaterinburg Arena foi reformada especialmente para a Copa do Mundo, e é casa do FC Ural, um dos clubes mais antigos do país e tem lugar para 35.696 pessoas, sendo palco de quatro jogos da fase de grupos.