Desde a noite de quarta feira, o mercado financeiro brasileiro está em crise. Entenda!

O Câmbio no Brasil parou diante da última acusação feita ao presidente da república Michel Temer. Na noite de quarta feira a imprensa divulgou que o presidente tinha pedido a um dos donos da JBS que pagasse pelo silêncio de Eduardo Cunha, preso na operação Lava Jato da Polícia Federal.

Câmbio no Brasil

O mercado cambial na última quinta feira, 18 de maio, amanheceu caótico. As ações na bolsa de valores brasileiras despencaram e o dólar subiu rapidamente. Ao longo do dia, houve até paralisação – o mercado ficou suspenso por falta de vendedores de dólar, que durou uma hora, até que o Banco Central interveio, realizando leilões de venda de dólares.

O BC vai continuar com leilões de swap cambial por hoje, segunda e terça feira, intervindo no mercado, de forma a garantir maior estabilidade ao mercado, que ficou sem referência por algumas horas, deixando as casas de câmbio sem preço ontem.

“O dólar terminou o dia de ontem com uma valorização de 8,58% frente ao real. Enquanto a situação não seja resolvida muito dificilmente o dólar voltará aos patamares de 3.10.” afirma nosso CEO, Fernando Pavani.