Queda da libra devido a Brexit facilita acesso aos cursos no país


nm

Com a atual baixa da Libra, os programas educacionais no Reino Unido estão mais acessíveis para quem deseja buscar qualificação fora do país. Seja para cursos de Inglês, Semester Abroad, Mestrado, MBA ou Dupla Certificação, o momento é propício ao investimento na carreira internacional.

 

Após o Brexit, muitos estudantes em potencial haviam ficado receosos em escolher o Reino Unido como destino para o aperfeiçoamento cultural. Contudo, além de nada se alterar nos próximos dois anos, nós brasileiros estamos pagando menos para estudar em terras britânicas.

 

Veja abaixo um exemplo de um programa de 4 semanas com acomodação em Londres:

[table id=14 /]

Direitos de estudo e trabalho no Reino Unido

 

O período máximo de permanência no Reino Unido com o visto de estudante é de 11 meses. Se você for estudar em um College ou em uma Universidade por mais de 6 meses, ou um curso de inglês por mais de 11 meses, deve aplicar para o Tier 4 (General) Student Visa (GSV). A maioria dos estudantes com um visto Tier 4 são elegíveis para trabalhar até 10 ou 20 horas por semana durante o período letivo e em tempo integral nos períodos de férias.

 

Visitantes podem utilizar a isenção de vistos para brasileiros por até 6 meses:

 

Este acordo não é mediado pela União Europeia, mas sim por um acordo bilateral entre Brasil e Reino Unido. Não existe qualquer anúncio, até o momento, sobre restrições.

 

Estudantes que utilizam visto Tier 4 (a partir de 6 meses):

 

O Reino Unido já vinha fazendo uma movimentação de aumentar cada vez mais as exigências de nível de inglês, renda disponível e tipos de cursos e, ao mesmo tempo, restringir os direitos de estudantes no país. Não há mudanças previstas no visto Tier 4.

 

Brasileiros com dupla nacionalidade europeia:

 

Cidadãos nesta condição estavam até o Brexit em uma zona bastante confortável: podiam ir para o Reino Unido e permanecer pelo tempo que desejassem (desde que respeitando os critérios), tinham acesso aos serviços públicos no país, podiam levar seus dependentes e até pagavam menos pelos cursos (se comparados a cidadãos de outros países). Ainda é imprevisível saber como vai se comportar um novo método de controle de imigração entre Europa e Reino Unido.

 

Enquanto isto e nos próximos dois anos, configura-se uma boa oportunidade para os brasileiros que planejam seus estudos na Inglaterra! Venham nos consultar para conhecer todas as opções de estudo.

 

Para mais informações sobre intercâmbio acesse: NMintercambios.com.br/nm/

 

Telefone: 11 5531 3611

Celular: 11 99112 9977

E-mail: info@nmintercambios.com.br

Skype: monicamandil