O turismo social permite união de voluntariado e viagem e é cada vez mais buscado

Conhecer lugares diferentes, se aprofundar na cultura local, ajudar aqueles que precisam, viver experiências e enriquecer o currículo são vantagens que uma viagem dedicada ao trabalho voluntário pode trazer. O número de pessoas que viajam para realizar trabalhos voluntários no exterior é alto e continua crescendo. O poder de ajudar um país e pessoas que precisam dão um sentido a mais à viagem e garante intenso autoconhecimento e aprendizado.

 

Contudo, fazer trabalho voluntário fora do país não significa que a viagem será gratuita. Os custos podem até ser menores, mas existem, além disso, o trabalho não é simplesmente doar dinheiro ou apenas uma parte do seu tempo. Uma viagem de voluntariado envolve comprometimento com as atividades durante a maior parte do dia e as hospedagens geralmente são alojamentos conjuntos para receberem os estrangeiros voluntários.

 

Por isso, antes de se aventurar na viagem social é preciso ter plena consciência de que sua privacidade será dividida, os mimos serão poucos e o foco dos seus dias não será o seu lazer, mas sim doar o seu tempo em prol de outros. Existem diversas opções de trabalho voluntário pelo mundo e envolvem distintas culturas e atividades, tais quais envolvem ajudar professores de escolas em áreas carentes, ajudar em hospitais, orfanatos, construções de casas, trabalhos envolvendo animais e preservação da fauna e flora de alguns lugares, entre outros.

 

A realização de viagens com intuito de voluntariado pode ser feita por intermédio das agências, até mesmo as mais tradicionais oferecem a programação, ou então, você pode planejar sozinho, entrando em contato direto com a instituição a ser ajudada e conseguir todas as informações necessárias para que a viagem aconteça.
Não se esqueça de ter total consciência de onde o seu dinheiro está indo. Se optar por fazer a viagem por meio de uma agencia especializada, confira quanto do total está sendo gasto com a sua estadia no local, quanto está sendo entregue a própria agência e, se for doar uma parte, quanto do dinheiro está sendo destinado à instituição ajudada. Isso garante que você tenha certeza de estar fazendo um trabalho sério para uma instituição séria e caso algo lhe pareça suspeito, tenha em mente outros projetos em que queira ajudar.

 

As opções de destinos para realizar esse tipo de trabalho são muitas. Abaixo consta mais informações sobre três destinos que podem ser bastante aproveitados e apresentam vasta gama de oportunidades em voluntariado.

 

África do Sul

Ao mesmo tempo em que o continente africano é palco de beleza, natureza e fauna indescritível, não é novidade que a pobreza e dificuldades fazem parte do dia a dia de parte da população. A África do Sul é um país que apresenta diversos programas de viagens e inclusive uma vasta opção para quem deseja praticar o voluntariado. No país, é possível escolher entre ajudar tanto na parte social quanto ambiental. Atividades envolvendo a educação cultural e intelectual de crianças carentes, ações com jovens, adultos e até mesmo idosos são alguns dos exemplos de atividades sociais que podem ser praticadas, além de cuidar e reabilitar animais na aérea de projetos ambientais. A experiência pode ser vivida por no mínimo uma semana e o tempo máximo varia de acordo com a programação de cada projeto. Existem trabalhos que oferecem pensão completa e moradia e outros que oferecem meia pensão. Aqui o voluntário pode escolher, literalmente, como deseja ajudar, devido as tantas possibilidades de programas, e também como será sua hospedagem e alimentação.

 

Índia

A cultura milenar da Índia é instigante e o país é visitado anualmente de diversos turistas. Ao escolher o país como destino para seus trabalhos voluntários, poderá entender e se envolver com as peculiaridades culturais do país e depois ou antes de se dedicar ao voluntariado, conhecer uma das 7 maravilhas do mundo, o Taj Mahal. Os programas oferecidos aqui são em sua maioria de razões sociais e realizados nas comunidades indianas. Levar uma melhor qualidade de vida para as comunidades, participar de atividades que buscam aperfeiçoar a educação da população, ajudar na manutenção, reparo e construção de escolas e creches, além de poder trabalhar diretamente com mulheres que precisam de apoio são algumas das atividades que poderão ser realizadas no país.

 

 Peru

Os países da América Latina como Chile, Argentina e Peru também oferecem diversos programas de trabalho voluntário. Focando especificamente no Peru, no país é possível trabalhar com crianças carentes por meio de escolas. Os voluntários poderão ajudar como auxiliares de professores, ensinando línguas, educar, dar apoio moral e conforto além de realizar atividades envolvendo esportes e músicas. Além disso, há possibilidade de também ajudar crianças e adolescentes com cuidados básicos, como primeiro socorros e alimentação.

 

Antes de embarcar na viagem social, não se esqueça de ficar atento ao idioma necessário para poder se inscrever no programa, as documentações necessárias, qual idade mínima exigida, vacinação e verificar se existe alguma regra de vestuário e contraindicações.