Os cuidados ao comprar imóveis no exterior

O interesse dos brasileiros em adquirir imóveis nos Estados Unidos cresceu consideravelmente nos últimos anos, em especial após a crise de 2008, quando os preços no país caíram abruptamente. Ainda hoje, é possível encontrar casas e apartamentos em solo norte-americano com valores bem mais atrativos do que os existentes no Brasil.

Porém, como em qualquer investimento, alguns cuidados devem ser tomados na hora de comprar um imóvel, independentemente do país no qual seja feita a aquisição.

 

Pontos Importantes

Primeiramente, é necessário estar atento às taxas e custos envolvidos na operação. Também é preciso entender qual o objetivo da compra – se é para turismo/lazer, se é uma moradia permanente ou um investimento. Isso é importante, pois levanta questões quanto às vantagens da compra: quantas viagens serão feitas por ano? O imóvel será alugado quando não estiver sendo usando? Quanto custa a manutenção do mesmo? Imposto predial e condomínio, qual o valor? No caso dos EUA, por exemplo, o imposto predial gira em torno de 2%, por volta de U$ 10,00 / m², em média.

 

Com relação ao pagamento, no país norte-americano é possível adquirir um imóvel tanto à vista quanto por meio de um financiamento. Com relação à segunda opção: o valor do financiamento pode chegar a 60% do preço do imóvel, com um prazo de até 30 anos e com taxas muito mais atrativas do que as encontradas no Brasil. Porém, após a crise de 2008, a exigência dos bancos americanos quanto a essa forma de pagamento aumentou, dando prioridade aos cidadãos americanos.

 

Outra recomendação feita por especialistas é optar por comprar o imóvel em nome de uma pessoa jurídica – o interessado abre uma empresa e coloca o bem no nome dela -, pois, neste caso, a tributação na venda e na remessa do valor é inferior à de uma pessoa física.
Por fim, atente-se às condições prediais do imóvel desejado: a legislação americana garante que o incorporador seja responsável por 5 anos de garantia; após esse prazo, a responsabilidade passa a ser do proprietário.

 

Leve em consideração todas as questões levantadas e, se achar necessário, peça ajuda a um especialista. Existem diversos corretores, peritos e advogados focados em aquisições de imóveis no exterior.

 

A Bee Capital pode te auxiliar com todo o processo.