1 de outubro de 1971. Essa é a data de inauguração de um dos maiores parques de diversões do mundo: o Walt Disney World.

Arquitetado e construído pelo cineasta e diretor Walt Disney, o local, que hoje já pode ser considerado como uma cidade, é um dos três destinos mais procurados pelos brasileiros nos EUA junto com Miami e Nova York. Apesar de ter sido fundado só na década de 70, toda sua história de fantasia data de muito antes: do ano de 1923, com a criação da The Walt Disney Company.

A empresa, que hoje já fatura mais de US$5 bilhões por semestre, inclui além do resort, um estúdio de televisão/cinema/teatro, uma rádio, uma agência de publicidade, uma editora, uma produtora de jogos eletrônicos e uma gravadora. Com tantas vertentes na empresa, não é difícil acreditar que eles faturam tanto assim, não é mesmo?

Walt Disney World

“Para todos aqueles que vêm para este local feliz: bem-vindos. A Disneyland é sua terra. Aqui, a idade revive as memórias do passado e a juventude pode saborear o desafio e a promessa do futuro. A Disneyland é dedicada aos ideais, sonhos e à dura realidade que criaram a América, com a esperança de que ela seria uma fonte de alegria e inspiração para todo o mundo.”

Prestes a dar continuidade ao seu projeto com a criação do parque, Walt Disney, assim como mostrado em seu discurso acima, gostava de deixar claro que seu objetivo era construir um local onde as famílias pudessem se divertir unidas, sem a necessidade de que pais e filhos se separassem. “não seria mais interessante um parque onde toda a família pudesse se divertir junta?”, ele dizia. E de fato essa sua vontade se concretizou! Não importa se você é criança, jovem, adulto ou idoso, o complexo tem essa característica de poder abraçar qualquer tipo de pessoa e fazer ela se encantar com tudo o que é oferecido por ele.

Os Parques

No início, toda a magia ficava presente apenas nas páginas dos livros. Hoje, ela já é real! Com 12.200 hectares, o local reúne 4 parques temáticos, 2 aquáticos, 5 campos de golfe, 34 hotéis e um centro comercial, que juntos formam um complexo gigantesco de atrações para os turistas.

Magic Kingdom Park

O primeiro parque é o Magic Kingdom Park. Ele é o preferido dos brasileiros! E contém a montanha russa do escuro (a Space Mountain), o Castelo da Cinderela, a Splash Mountain, a Big Thunder Mountain Railroad, entre outras diversas atrações que as crianças adoram.

Além dos brinquedos comuns, o parque também oferece pacotes de tours e brincadeiras extras, como por exemplo o Disney’s Family Magic Tours, um jogo dinâmico de caça ao tesouro. Pra participar de qualquer atividade desse tipo é necessário que você pague um valor adicional de US$39 e que consulte os horários de sua programação.

O parque fica aberto de segunda a sexta e seus horários variam durante os dias da semana. De segunda e sexta, ele abre às 9hs da manhã e fecha às 19hs da noite, e de terça, quarta e quinta abre às 9hs da manhã e fecha às 21hs da noite.

Valor: a partir de US$107/dia. Confira as opções.

Epcot

O Epcot é considerado o parque mais adulto de todos, pois a maioria de suas atrações envolvem uma pegada mais cultural. Além da esfera prateada (a Spaceship Earth), que é símbolo do parque, ela também é composta pela área World Showcase, que faz homenagens à cultura de 11 diferentes países. Apesar dessa estrutura, a criançada também encontra atrações pra elas!

O parque fica aberto das 9hs da manhã até as 21hs da noite de segunda a quinta, e de sexta, fica aberto até às 22hs da noite.

Valor: a partir de US$99/dia. Confira as opções.

Disney’s Hollywood Studios

O terceiro parque do complexo é conhecido por reunir uma completa sessão de antiguidades cinematográficas dos EUA, e brinquedos como o Toy Story Mania, Rock’n’Roller Coaster e Twilight Zone Tower of Terror, que são visitas obrigatórias no local.

Durante um bom tempo, esse parque foi chamado de MGM Studios. Ele abre de segunda a sexta das 9hs da manhã até às 21hs da noite.

Valor: a partir de US$99/dia. Confira as opções.

Disney’s Animal Kingdom Theme Park

A ideia desse parque é celebrar a natureza colocando as crianças em contato com diversos bichos da nossa fauna. Abrigando alguns animais de brinquedos, como os dinossauros, e outros de verdade, como leões e girafas, o local oferece a Pangani Forest Exploration Trail (uma trilha de floresta) e o Maharajah Jungle Trek (imitação de uma floresta da Ásia).

Ao todo, o parque tem cerca de 1.700 animais de 250 espécies diferentes! Pra visitá-lo, é necessário que você se programe durante a semana: de segunda a sexta ele fica aberto das 9hs da manhã até às 21hs da noite.

Valor: a partir de US$99/dia. Confira as opções.

Disney’s Typhoon Lagoon Water Park

Esse é o primeiro dos dois parques aquáticos da Disney. Ele é todo fantasiado em cima de uma lenda muito inusitada sobre um tufão, que destruiu o vilarejo que se abrigava ali antes da construção da atração, e que fez com que um navio pesqueiro fosse parar em cima de uma montanha! O tal navio e a tal montanha estão lá pra visitação!

O parque é alvo de inúmeros turistas que o visitam em busca de conhecerem a famosa piscina de ondas artificiais (a Surf Pools) e o Ketchakiddee Creek, um rio destinado a quem quer um passeio mais relaxante.

Já pra criançada, o que não faltam são tobogãs, piscinas e jatos dágua.

Já pra criançada, o que não faltam são tobogãs, piscinas e jatos dágua. O Typhoon abre de segunda a sexta das 10hs da manhã até às 17hs da tarde

Valor: a partir de US$62/dia. Confira as opções.

Disney’s Blizzard Beach Water Park

O outro parque aquático é o Blizzard Beach, mas diferente do nome seu foco é a neve. Imitando uma estação de esqui real, ela contém a Melt Away Bay, o Cross Country Creek e o Tike’s Peak, adequado para as crianças.

Ele também abre de segunda a sexta das 10hs da manhã até as 17hs da tarde.

Valor: a partir de US$62/dia. Confira as opções.

Disney Springs

A Disney Springs é o centro comercial de lá. Ela reúne baladinhas, lojas, restaurantes, lanchonetes, bares, shows, apresentações, entre outras coisas. Vai dizer que você não ama fazer umas compras? Esse complexo é feito especialmente pra você!

Antigamente, o nome do local era chamado de Downtown Disney, e desde essa época sua entrada é gratuita! Pra chegar no centro o tempo de trajeto é de 10 a 15 minutos, e é necessário que você vá de carro (apenas depois das 4hs da tarde é oferecido ônibus para os turistas).

Entre as lojas mais interessantes estão a Once Upon a Time (de fantasias), a World of Disney, a Lego Imagination Center e a Disney’s Candy Cauldron (de doces).

Hotéis da Disney

As acomodações oferecidas pela Disney são divididas em Villas Deluxe, Hotéis Deluxe, Hotéis categoria moderada, Hotéis categoria econômica e os acampamentos.

As vantagens de se hospedar no complexo é o estacionamento gratuito, o transporte para o aeroporto e o uso livre do transporte dentro da cidade, que incluem balsas, ônibus e o monorail (um trem típico da região). Além de que, os quartos são temáticos, o acesso ao wi-fi é gratuito perto dos lobbies, você tem o direito de entrar e sair dos parques em horários diferentes dos usuais e você estará muito mais próximo das atrações.

Entre as desvantagens estão os gastos adicionais com acomodações, que giram em torno de 30% comparado àqueles ao redor dos parques e o custo da alimentação, que geralmente é mais salgado do que o normal.

Apenas pra se ter uma noção, o Disney’s Animal Kingdom Lodge cobra a partir de US$358,88 a diária. Confira outras opções por aqui.

Caso você prefira fechar negócio com outros tipos de acomodações que não sejam as da Disney, as melhores opções você encontra nos sites de reservas online Booking e TripAdvisor.

Fazer várias atividades durante o dia gasta muita energia, não é mesmo? Então nada melhor que as repor comendo bem!

Há uma infinidade de opções pra você se alimentar por lá. Caso você feche seu pacote de viagem com as refeições inclusas saiba que existem cerca de 100 restaurantes dos quais você pode desfrutar durante sua estadia. Entre os mais frequentados estão o Rainforest Cafe, Yak & Yeti, Boulangerie Patisserie, Victoria & Albert’s e o California Grill. Além de lanches e pratos sofiscados, o que não faltam são lojas de guloseimas e sorvetes!

Confira mais opções por aqui.

Outras Atrações

Além dos brinquedos, você pode interagir e tirar fotos com todos os personagens que andam pelo complexo, fazer academia e ginástica nas horas vagas, curtir um spa, andar de bicicleta, brincar de fliperama, praticar basquete, pesca e/ou hipismo, andar de carruagem, jogar golfe, andar de caiaque, ver as estrelas, fazer trilhas… enfim, uma série de atividades!

Pra quem gosta de passeios mais tranquilos, o Disney’s Boardwalk é um tour andado sobre as margens de um lago da região. Com 400 metros de extensão, o calçadão tem ótimos restaurantes, lojas e uma vida noturna muito badalada pra família toda!

Quanto Custa?

É muito difícil avaliar o custo exato de uma viagem, já que existem diversos fatores que influenciam nisso: o tempo que você vai ficar, como vai se alimentar, onde vai se hospedar, o que vai fazer, entre outras coisas. Porém, separamos uma dica preciosa que pode te ajudar a economizar por lá: não compre os ingressos com apenas 1 dia de visitação, prefira comprar com mais dias inclusos, pois com certeza eles sairão mais baratos! E outra coisa, muita gente diz que comprar o ingresso com apenas 1 dia de parque te dá acesso a todos os outros (com exceção do Magic Kingdom), porém é muito difícil que você consiga visitar mais de um resort por dia, ou seja, não vale a pena de nenhum jeito!

Segundo o Quanto Custa Viajar, especialista em avaliar preços de viagens, um dos melhores jeitos de passear pela cidade é alugando um carro, o qual custa em torno de R$75 o mais em conta. O mesmo site também avalia que os gastos individuais com alimentação giram em cerca de US$100 por dia.

Passagens Aéreas

Entre as companhias aéreas que voam pra Orlando estão a Delta, United Airlines, LATAM, Air Canada e a American Airlines. Os preços das passagens costumam variar entre R$2.000 a R$4.400 (ida e volta).

Recentemente, uma pesquisa do Skyscanner avaliou que existem alguns meses, como agosto e outubro, em que as passagens pra Orlando ficam 15% mais baratas.

Obs: Você pode conferir por aqui dicas de como comprar passagens aéreas mais baratas e por aqui dicas de como passar pela fila de imigração sem ter problemas.