Conheça lugares de terror em diferentes países. Entenda a história, faça suas malas e boa aventura!

Que o mundo está repleto destinos com paisagens bonitas, locais de entretenimento super agitados, passeios com momentos inesquecíveis de paz e tranquilidade, todos já sabem. No entanto, existem locais ao redor do mundo, muitas vezes pouco conhecidos, que são bastante assustadores, repletos de lendas e enigmas ainda não solucionados.

 

Para quem gosta de aventura e um toque especial de terror, alguns destinos são ideais para se surpreender com tanto mistério. Por isso, separamos 10 opções de lugares macabros em diferentes países que são abertos à visitação. Confira:

 

Castelo de Edimburgo – Escócia

arrepiar

O Castelo de Edimburgo é bastante conhecido por ser assombrado. A lenda diz que lá é o lar de um cachorro fantasma, um baterista sem cabeça e um fantasma gaiteiro.

 

No ano de 2001, cerca de 240 voluntários selecionados foram até o local para realizar pesquisas científicas durante 10 dias, utilizando câmeras digitais, equipamentos de visão noturna e imagens térmicas. Metade dos participantes da experiência afirmaram vivenciar fenômenos naturais assustadores, como presença de seres invisíveis que puxavam suas roupas e quedas bruscas de temperatura.

 

Aokigahara – Japão

arrepiar

Comparada ao famoso filme “A Bruxa de Blair”, Aokigahara é conhecida por estar associada a histórias com demônios da mitologia japonesa e pela grande quantidade de suicídios cometidos no local ao longo dos anos. Em 2010, aproximadamente 50 pessoas tiraram suas próprias vidas na floresta mais temida do mundo.

 

Para quem deseja caminhar e conhecer a mata, o aconselhável é andar com uma corda para evitar se perder, marcando, assim, o seu caminho de volta.

 

Torre de Londres – Inglaterra

arrepiar

Conta a lenda que dezenas de almas ficam vagando pelos corredores da torre de pedra em Londres, onde a maioria encontrou seu fim no próprio local.

 

Dentre elas estão: Thomas Becket, visto por visitantes; Richard of Shrewsbury e Edward V, príncipes da torre assassinados em 1483; Anne Boleyn e Catherine Howard, decapitadas em 1536 e 1540, respectivamente.

 

Ilha Hashima – Japão

arrepiar

Entre 1887 e 1974, a Ilha Hashima serviu como uma unidade de mineração de carvão e em 1950 o lugar chegou a abrigar cerca de 5 mil pessoas em apenas 1 km².

 

A lenda conta que aproximadamente 500 coreanos eram prisioneiros na ilha e escravizados durante a 2ª Guerra Mundial, com a intenção de substituir os japoneses enviados para a batalha. Esse período foi marcado por muitas mortes devido à bomba atômica, doenças, desnutrição e péssimas condições de trabalho.

 

Quando o petróleo foi substituído pelo carvão no país, na década de 60, o local ficou abandonado. A ilha fantasma foi aberta para visitação apenas em 2009.

 

Pluckley, Kent – Inglaterra

arrepiar

Pluckley, em Kent, está entre os 10 destinos mais macabros do mundo. Segundo o investigador local, Neil Arnold, existem cerca de 80 fantasmas no vilarejo.

 

Visitantes relatam que uma mulher de vermelho assombra a Igreja da vila, fantasmas são vistos nos dois pubs locais e até mesmo que se pode ouvir os gritos dos mortos ao andar pelas ruas desertas.

 

Ossuário de Sedlec – República Tcheca

arrepiar

A capela fica localizada a 80 km da cidade de Praga e abriga restos mortais de mais de 40 mil pessoas. Um dos detalhes que mais chamam a atenção dos turistas é a forma como os ossos humanos ficam expostos – criando um ambiente realmente aterrorizante.

 

A história conta que, em 1278, um sacerdote, após uma peregrinação a Jerusalém, espalhou pelo cemitério um pouco de terra de onde acredita-se que Jesus Cristo tenha sido crucificado. A notícia do solo sagrado se espalhou para toda a população e, desde então, o local se tornou bastante popular para enterros.

 

Universidade de Ohio

arrepiar

O lugar é conhecido pela lenda de uma suposta “bruxa” que se suicidou após escrever coisas satânicas na parede do próprio dormitório com seu sangue.

 

Além disso, em volta da universidade existem 5 cemitérios, formando um pentagrama que muitos acreditam ser o símbolo do diabo. Dentro desse desenho encontra-se um hospício, onde foram relatados desaparecimentos de dezenas de pacientes. E como se não bastasse, um deles foi encontrado morto meses depois, com seu corpo em decomposição. A marca no chão pode ser vista até hoje.

 

Mercado de Bruxaria, Sonora – México

arrepiar

Um dos lugares mais horripilantes do México é o Mercado de Bruxaria. Lá é possível encontrar ingredientes de feitiços e objetos assustadores como, por exemplo, beija-flor dissecado, ossos humanos, línguas de iguanas, cabeças encolhidas, sapos mortos e vivos, entre outros.

 

Capela dos Ossos, Évora – Portugal

arrepiar

Construída por um monge em 1500, a Capela dos Ossos é decorada por aproximadamente 5 mil restos mortais humanos. Reza a lenda que os ossos são dos outros monges que conviviam no local. Para tornar o lugar ainda mais assustador, no teto é possível ver dois corpos inteiros, sendo um deles de uma criança.

 

Ilha das Bonecas – México

arrepiar

A história dessa pequena ilha conta que certo dia o único residente do lugar, Don Julián de Santana Barrera, encontrou o corpo de uma menina, que aparentemente havia se afogado, nas margens de um rio. Após o acontecimento, Don Julián passou a ouvir choros, gritos e vozes constantemente. Para tentar solucionar o problema, o homem começou a pendurar bonecas nas árvores em volta de sua própria casa com o intuito de se proteger e agradar o espírito que ele acreditava ser da menina encontrada.

 

Anos depois, o corpo de Don Julián foi encontrado no mesmo rio e, desde então, a lenda começou a se espalhar, fazendo com que o local passasse a ser chamado de a Ilha das Bonecas.