Após conclusão dos estudos em uma universidade nos EUA, o visto temporário é uma das opções para o aluno que deseja permanecer no país


nm


No post passado conversamos sobre uma opção para alunos com visto F1 trabalharem durante o curso e por até 36 meses depois de formados – o OPT (Optional Practical Training).

 

Agora vamos falar sobre duas opções de visto de trabalho americano, que o Aluno poderá aplicar após a finalização do curso ou durante o OPT:

 

-um visto de trabalho temporário (que, em alguns casos, pode ser estendido para residência permanente), ou;

-um programa de treinamento

 

H-1B: VISTO DE TRABALHO TEMPORÁRIO

 

Quem pode tirar?

O visto H1-B é destinado a profissionais qualificados com formação universitária ou experiência de trabalho equivalente à um bacharel.

Para tal, você precisa, primeiramente, receber uma oferta de trabalho de um empregador americano que possa inscrevê-lo neste visto. Ele tem duração de três anos e pode ser estendido por até seis anos.

 

Como funciona?

Contudo, você não pode fazer o seu próprio requerimento, e sim, o seu empregador deve concordar em ser o seu responsável e completar o formulário de inscrição em seu nome. Primeiramente, o empregador deve preencher os documentos que atestam que não encontraram nenhum profissional americano qualificado para preencher a vaga, bem como comprovar que o seu salário será o mesmo de um cidadão americano para aquela função. Este processo pode demorar até 60 dias.

 

Quantos estão disponíveis?

A cada ano fiscal, estão disponíveis 85 mil vistos H-1B, com 20 mil adicionais reservados a estudantes graduados por instituições americanas. A inscrição pode ser iniciada seis meses antes da data em que você irá começar a trabalhar.

Exatamente no dia 1 de abril de cada ano, o USCIS começa a receber as solicitações de visto para o ano fiscal seguinte. Portanto a empresa deve aplicar neste dia. Qualquer pedido enviado antes dessa data é recusado. Geralmente a cota desse visto é atingida no primeiro dia!

 

Quando posso começar?

O profissional estrangeiro poderá começar a trabalhar a partir do dia 1 de outubro do ano em que o pedido foi aprovado.

 

É possível

Apesar do processo ser bastante trabalhoso, há muitas empresas nos Estados Unidos, que contratam estrangeiros. Grandes universidades representadas pela N&M Intercâmbios no Brasil, como a Columbia University, a UCLA, UCSD e UC Berkeley, oferecem uma relação de empregadores que contratam estudantes internacionais graduados.

 

No próximo post, falaremos sobre as regras para trabalho em outros países.

 

Para mais informações sobre intercâmbio acesse: NMintercambios.com.br/nm/

 

Telefone: 11 5531 3611

Celular: 11 99112 9977

E-mail: info@nmintercambios.com.br

Skype: monicamandil