Já pensou em fazer o ensino médio no exterior? Conhecer uma cultura totalmente nova? Melhorar seu currículo? Abrir horizontes e fazer amizades fora do país? Se sim, o High School é perfeito para você!

Especializado para jovens que estão entre 14 e 19 anos, o ensino é totalmente completo e com base na própria grade horária e disciplinar de cada país.

As primeiras dicas

Todo estudante que for se inscrever em alguma escola deve conhecer pelo menos o básico da língua nativa do país do qual se pretende visitar, e ainda apresentar boas notas em seu histórico escolar daqui do Brasil.

Além disso, é indispensável que se tenha maturidade e flexibilidade para se relacionar com situações, pessoas e tradições novas. Por lá, tudo é diferente!

Período de estudo

O período de estudo varia de 6 meses a 1 ano dependendo do país. O início das aulas nas escolas do hemisfério norte começam em torno de julho e agosto, enquanto nas do hemisfério sul, em dezembro ou janeiro.

Escola e estadia

As opções de escolas são duas: públicas ou privadas. Quase todos os países tem esses dois tipos de instituições e cabe a você escolher a melhor delas. As escolas públicas geram menor custo para você e seus pais e um maior envolvimento com a cultura local. Enquanto as particulares, tem o aspecto de criar um vínculo maior com cada aluno em si, garantindo a eles uma atenção mais personalizada. Obviamente, o custo destas escolas são mais altos.

Sobre a estadia, existem duas opções também: as residências de famílias e as boarding schools, que são as acomodações dentro das próprias escolas. Cada uma das duas apresentam experiências particulares. As residências proporcionam uma maior vivência com a cultura local e as boardings, uma maior convivência com pessoas da mesma faixa etária. Um dos maiores motivos para a escolha das boardings, é porque ela proporciona um maior foco no desenvolvimento acadêmico do aluno.

Histórico escolar

Mas aí surge uma dúvida: esse período que você estiver fora vai ser contabilizado no ensino médio daqui? A ideia é que se você cursar as cinco disciplinas obrigatórias exigidas pelo Ministério da Educação (MEC), você consiga validar o estudo feito no exterior junto com a entrega do seu School Transcript (Histórico Escolar).

Já estudantes que só cursarem o último ano fora, na volta deverão validar esse período na própria Secretaria do Ensino.

Planejamento

Além de todos esses detalhes, fique atento para outros deles que devem ser planejados com antecedência, como dinheiro para transporte (público ou privado), alimentação (caso você não fique em residências familiares), material escolar, passeios, lazer em geral e emergências. O gasto será proporcional ao tempo de estadia no país. É necessário também conferir a moeda local de câmbio do país para onde você vai e garantir o passaporte e o visto referente.

Para a retirada do passaporte, é obrigatório a inscrição e o agendamento pelo site da Polícia Federal. Com a data marcada e com os documentos necessários em mãos, você deverá comparecer na PF escolhida, onde colherão suas digitais e uma foto sua. A emissão é feita em até 8 dias úteis. Quanto ao visto, é essencial o estudante ler sobre como tirá-lo no site do Consulado do respectivo país.

Com tudo pronto, o próximo passo é você verificar as características climáticas e geográficas da região em que ficará – cada uma tem suas particularidades.

Desejamos que você tenha uma das melhores experiências da sua vida!