Entenda mais sobre a loja que permite a compra de produtos importados isentos de impostos

Uma das vantagens de viajar para o exterior é poder comprar isento dos impostos brasileiros antes mesmo de embarcar. Isso é possível devido ao free shop, queridinho de muitos viajantes. No Brasil, a predominância nos aeroportos é da loja Duty Free e a maioria dos produtos disponíveis podem ser vistos online, inclusive os valores.

 

Então, antes de seguir com sua próxima viagem, não se esqueça de conferir o preço dos produtos online e se certificar que está agindo de acordo com a lei, afinal, as regras e taxas de compras são muitas. Para te ajudar nessa missão, a BeeCâmbio preparou algumas informações que podem fazer toda diferença no momento de sua compra.

 

Quem pode comprar no free shop?

As salas repletas de produtos importados com preços mais baixos que os encontrados no Brasil, e com alguns produtos que não são encontrados tão facilmente em nosso país, são de compra exclusiva de viajantes internacionais. Então, se você está com seu cartão de embarque e passaporte em mãos, já está apto para realizar as compras.

 

Quanto posso gastar do Duty Free?

Uma das maiores dúvidas na hora de comprar no free shop é o quanto pode ser gasto e se esse valor já é contabilizado no máximo de valor permitido ser gasto no exterior por pessoa sem o pagamento de imposto.

 

Pois bem, primeiramente é necessário saber que todos têm o direito de gastar até 500 dólares no exterior sem declarar.

Qualquer quantia superior a esse valor já deve ser declarada e a pessoa é responsável por pagar 50% de imposto sobre o valor ultrapassado.

 

Sendo assim, nenhuma compra no Duty Free é superior a U$500, o próprio sistema não permite que isso aconteça. Outra informação importante é que as compras realizadas antes da viagem, ou seja, no momento de embarque, já são contabilizadas como compras no exterior, sendo assim, somam no valor limite de U$ 500.

 

Contudo, no momento da volta, toda pessoa tem direito de consumir adicionais U$500 que são contados separadamente do limite máximo gasto por pessoa em compras no exterior sem ter que pagar impostos. Por isso, é válido deixar para fazer compras na hora da volta.

 

Os limites são diferentes entre aéreo e marítimo.

É preciso verificar quais produtos são caracterizados como bens pessoais e por isso não contabilizados na soma dos U$500

 

Como pagar no free shop

Os produtos adquiridos podem ser pagos em:

 

Dinheiro em espécieDólar Americano, Dólar Canadense, Libra Esterlina, Franco Suíço, Dólar Canadense, Euro, Iene Japonês e Real. As moedas metálicas serão aceitas apenas em Dolár Americano e Real.

 

Traveler’s Checks – esse tipo de pagamento deve ser realizado com o Dólar Americano, Euro ou Libra Esterlina.

 

Cartão de Débito – As bandeiras aceitas no Dutty Free para pagamento no débito são: Visa Electron (Dólar ou Real), Elo (Real ou Dólar) e Redeshop (Real).

 

Cartão de Crédito – As bandeiras aceitas no cártçao de crédito são: Visa( em Real ou Dólar), Mastercard (em Real ou Dólar), Diners (em Real ou Dólar), Amex (em Real ou Dólar), Elo (Real ou Dólar), Hipercard (Real) e JCB (Dólar).

 

Posso fazer reservas no free shop?

Sim, você pode reservar seus produtos e comprá-los assim que chegar. O serviço é fácil e prático. Basta escolher o que deseja e apenas informar os dados de sua passagem de volta. Qualquer dúvida, entre em contato com algum responsável no estabelecimento.

 

Em qual aeroporto posso comprar?

Você pode usufruir dos serviços do free shop tanto nos aeroportos de embarque e desembarque quanto nos de escala. Não se esqueça que se a escala for para alguma outra cidade, mas no mesmo país, você só poderá comprar na primeira parada, uma vez que o voo é considerado um voo interno.