Infraestrutura, entretenimento e diversão são essenciais para que a viagem ocorra da melhor forma

Na hora de planejar uma viagem em família é preciso pensar no bem-estar e divertimento de todos e quando crianças fazem parte do grupo o cuidado é redobrado. Antes de escolher um destino, é preciso pensar se há infraestrutura suficiente para que tanto as crianças quanto os adultos se divirtam e tenham sossego e tranquilidade.

 

Alguns pontos que devem ser levados em consideração são os serviços especializados para servir crianças, se a comida local será do agrado dos pequenos – ou se há cozinha onde seja possível preparar algo específico para eles – se há parques e espaços voltados exclusivamente para os bebês, além de ter uma equipe que possa ajudar a tomar conta das crianças, seja com um grupo de monitores ou até mesmo uma babysister para olhá-los enquanto os pais fazem algum programa de adulto.

 

Pensando em todos esses aspectos, a BeeCâmbio, primeira casa de câmbio online brasileira, selecionou 5 destinos ao redor do mundo que apresentam a infraestrutura necessária para proporcionar uma ótima viagem para todos os membros da família.

 

Havaí

havaí

As praias sempre são ótimas opções para uma viagem em família, o mar e o sol já garantem grande parte da felicidade e ainda os pais podem olhar seus filhos enquanto brincam ou então brincar junto com eles. Quando o destino de praia envolve as águas cristalinas do Havaí a viagem fica ainda mais empolgante. Formado por diversas ilhas, o Havaí é destino ideal se você busca entretenimento e bons momentos em família.

 

O contato com a natureza e cultura local é muito forte, então se você pensa que encontrará em diversas praias luaus e pessoas dançando a tradicional hula, você está certo. Além disso, é possível ver baleias, surfar, passear em fazendas, visitar aquários e museus que garantem a diversão e ensinamento da cultura, fora a aula de história que pode ser absorvida visitando Pearl Harbor, base naval conhecida mundialmente por ter sido atacada pelos japoneses durante a Segunda Guerra; lá é possível interagir no museu “Pacific Aviation” por meio de simuladores. Uma ida ao parque dos vulcões também garante a diversão da criançada, que podem ver de perto vulcões ativos.

 

A temperatura nas ilhas é quente a maior parte do ano, o que garante a alegria dos amantes do verão, e ficam em torno de 29º de maio a outubro. Contudo, durante a noite a temperatura cai e a variação pode ser grande, por isso é indicado que os casacos sejam colocados na mala. As ilhas mais conhecidas são Kauai, Maui, Big Island e Oahu, sendo que na última é localizada a cidade de Honolulu, capital do estado do Havaí, onde é possível deixar a natureza e adrenalina um pouco de lado para aproveitar as compras.

 

O destino garante comodidade e serviços de ótima qualidade, é possível encontrar diversos resorts para diversos gostos e bolsos. E para quem não abre mão da Disney, é possível hospedar-se no Aulani, resort da própria Disney, lá a turma do bom e velho Mickey estará esperando a chegada de sua família. Ver os filmes da Lilo & Stitch é uma boa maneira de deixar as crianças empolgadas com a viagem. Não se esqueça que as ilhas fazem parte do EUA e por isso é necessário visto americano.

 

África do Sul

kruger national park

A África pode ser o destino ideal de viagem em família. Imagina a reação das crianças ao verem de perto seus animais favoritos em habitat natural ao fazer um safári, um passeio cheio de adrenalina e emoção. Essa é uma das grandes opções de entretenimento que o país oferece para famílias, além da belíssima cidade Cape Town, parada obrigatória durante os dias na África.

 

Contudo, uma viagem com o safári perfeito exige planejamento. É importante saber que nem todos os safáris e “hotéis” em reservas aceitam crianças menores de 12 anos, por isso a pesquisa prévia é fundamental para você escolher não só a acomodação ideal quanto saber se seus filhos podem participar dos passeios em família.

 

O parque nacional reconhecido e mais indicado para a atividade é o Kruger National Park, uma reserva natural localizada a 5 horas de carro de Johannesburg ou uma hora de avião. Existem parques mais próximos das cidades, contudo, não oferecem as mesmas características que esse, que está na divisa entre Moçambique e Zimbábue.

 

A melhor época para aproveitar os safáris é em períodos sem chuva, a vegetação mais seca deixa mais fácil de ver os animais, além de apresentar uma belíssima paisagem, e também há menos mosquitos. Quanto a hospedagem, é possível encontrar diferentes estilos, com apenas café da manhã, ou meia pensão, ou até mesmo pensão completa. Verifique se a hospedagem escolhida apresenta a infraestrutura que você deseja, como playgrounds e até mesmo serviços de babysister.

 

Tire pelo menos três dias da viagem para ficar na reserva fazendo os safáris, durante esses dias, a atividade principal será ver os animais e quando estiverem fora dos veículos, aproveitem para usufruir das mordomias da hospedagem.

 

Noruega

Noruega

O país nórdico pode surpreender uma vez que visitado. Sempre presente no topo dos rankings mundiais de país com melhor qualidade de vida, não é à toa que a Noruega pode ser um destino para férias em família, ainda mais com crianças. Uma vez na terra de Elsa e Ana do filme Frozen, é possível absorver toda a cultura e estilo de vida norueguês, o que é um exemplo e tanto de educação e arte para os pequenos e ainda um passeio de muito valor para os adultos.

 

As possibilidades de lazer pelo país são muitas, tanto a capital quanto as cidades litorâneas, mais afastadas, são pontos turísticos e ainda há os fiordes noruegueses. A cidade de Oslo, capital, está longe de ser uma metrópole caótica, lá é comum ver as pessoas andarem de bicicleta e passearem nos parques, mesmo com a baixa temperatura.

 

Alugue uma bicicleta e faça como os nativos, visite o Museu Nacional e fique frente a frente com obras de arte como O Grito, conheça o maior parque de esculturas do mundo e, se quiser, pratique esportes no gelo da montanha Holmenkolle, e aproveita da deliciosa gastronomia local. Depois de passar uns dias em Oslo, uma opção de passeio é o trem que vai até Bergen, cidade litorânea e a segunda maior do país. A viagem é reconhecida como uma das mais lindas do mundo.

 

A gama de hospedagem no país é grande e há opções entre variados estilos e tamanhos de hotéis, além de algumas instalações serem mais familiares e outras mais exóticas, por isso é só escolher o qual combina com sua família e aproveitar as férias.

 

Dinamarca

Dinamarca

Próxima a Noruega, o país nórdico também vale a pena estar nessa pequena lista de destinos para ir com as crianças. Uma vez que não é um local óbvio para viagens em família, muitas pessoas não sabem que o país pode ser de muito divertimento e aprendizado para toda a família e vale a pena passar todos os dias das férias lá.

 

A capital, Copenhague, é cheia de parques, museus e castelos, o que cria um clima único e diferente que encanta até mesmo as crianças. Para se locomover na cidade é simples e fácil, tudo é perto e pode ser alcançado a pé ou então de bicicleta, não é necessário alugar um carro, o máximo que você vai fazer é pegar um táxi uma vez ou outra. Um ponto que não pode deixar de ser visitado é um dos parques temáticos mais antigos do mundo, o Tivoli Gardens.

 

A cidade oferece ainda uma parte do museu nacional dedicado somente às crianças e lá elas podem se fantasiar com roupas vikings e brincarem como se vivessem naquela época, além de oferecer tudo que uma capital oferece, como boa gastronomia, diferentes tipos de hospedagens e acomodações e serviços de primeira.

 

Mas, tudo pode ser vivido de um jeito diferente no país, já pensou em ficar hospedado em um castelo? Ou mesmo em uma casa típica do país? Quem preferir ficar em cidades mais afastadas e viver em clima de fazenda, também pode. O país tem charme e atrativos culturais e históricos que garantem a diversão de toda a família.

 

Outra cidade que não pode ficar de fora do roteiro, e é incrível tanto para crianças e adultos, é Odense. Nela, nasceu o escritor responsável pelos contos mundialmente conhecidos – Patinho Feio, Soldadinho de Chumbo e A Pequena Sereia, sim a versão original é dinamarquesa-. Na cidade, é possível encontrar a casa na qual o escritor viveu e que veio tornar-se o primeiro museu do mundo a ser dedicado à vida de alguém, o museu Hans Christian Andersen.

 

No verão, são apresentadas peças a céu aberto na cidade e um passeio pelo lago Odense também é indispensável, em suas margens há casas de arquitetura rica e construídas até 1910. Odense conta também com um zoológico que abriga animais de todas as partes do mundo. Mais de 2.000 animais podem entreter os pequenos que, se quiserem, podem também alimentar alguns animais e passar uma noite acampando no zoológico, para isso é preciso ver os custos e idades permitidas. Em Odense, toda a infraestrutura é pensada nas crianças e até mesmo o zoológico apresenta carrinhos de bebês e trocadores tanto nos banheiros femininos quanto masculinos.

 

Disney Cruise Line

Disney cruise Line

Outra opção de viagem em família para quem não abre mão do mundo criado por Walt Disney, e quer mostrar outro tipo de entretenimento para os pequenos fora dos parques, é o cruzeiro Disney, chamado de Disney Cruise Line. Todas as informações necessárias, como porto de embarque e destinos, podem ser encontradas no próprio site.

 

A linha de cruzeiros Disney apresenta quatro diferentes navios, o Disney Dream, Disney Wonder, Disney Fantasy e Disney Magic. O Dream e o Fantasy apresentam o mesmo tamanho, porém são maiores que os outros dois e capazes de hospedar mais passageiros. Uma vez a bordo, é possível deixar seus filhos em uma creche caso eles tenham até três anos – valor pago a parte-, mas há espaços de diversão para as famílias e lounges divididos por idade.

 

Além disso, a Bibbidi Bobbidi Boutique – já falamos dela nesse post aqui – está presente em três navios, exceto no Wonder. Também é possível tomar o chá com as princesas no navio Fantasy. Os quatro navios apresentam teatro, cinema e shows com as tradicionais atrações da Disney, todas as noites são entregue nas cabines panfletos com a programação do dia seguinte. Alguns dos destinos dos navios são Bahamas, Alasca, México, Caribe, Europa, Canal do Panamá e também é possível fazer um transatlântico.